saúde

Pílula do dia seguinte: Principais pílulas do dia seguinte

A pílula do dia seguinte é quase uma unanimidade entre as mulheres, uma vez que ela é uma importante aliada na hora de evitar uma gravidez indesejada, porém, é muito importante que as interessadas em fazer uso desse medicamento precisam conhecer muito bem as suas vantagens e desvantagens, bem como saber quais as principais pílulas do dia seguinte que estão disponíveis no mercado.

Apesar dos diversos métodos contraceptivos, de acordo com dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde, aproximadamente seis milhões de mulheres se deparam com uma gravidez indesejada, parte dessas gestações está relacionada à falha de alguns métodos contraceptivos, e é justamente nesse momento que entra em cena as pílulas do dia seguinte.

Hoje em dia existem diversos laboratórios que fornecem esse medicamento, porém, com base nas indicações médicas, e também em depoimentos de pacientes, algumas acabam se destacando, sendo que as principais pílulas do dia seguinte no Brasil são:

  • DiaD: É uma das mais populares por ter um preço acessível, e também está disponível em alguns postos de saúde, nesse caso são necessárias duas doses, uma deve ser ingerida após a relação sexual, e a outra doze horas depois.
  • NorLevo: Apesar de estar entre as melhores, essa pílula do dia seguinte não é tão fácil de ser encontrada, as interessadas muito provavelmente irão achar nas redes maiores de farmácias.
  • Postinor Uno: Assim como a opção acima, essa também é composta de dosagem única e está à venda nas melhores drogarias do país.
  • Poslov: trata-se de um dos medicamentos mais fáceis de ser encontrado, e esse é um dos motivos dela ser tão popular.

Como tomar a pílula do dia seguinte?

Assim como ocorre com os métodos anticoncepcionais, é muito importante saber como tomar a pílula do dia seguinte para que ela tenha o efeito desejado. Ela é indicada para casos especiais, como, por exemplo, quando a camisinha estoura, sendo que o comprimido, inclusive no caso daquelas com duas dosagens, precisa ser tomado no máximo em 72 horas depois da relação sexual.

O percentual de eficácia da pílula do dia seguinte também tende a ser maior quando tomada dentro do prazo certo, por exemplo, se ingerida logo após a relação, existe 95% de chances de não haver a gestação, caso seja tomada no dia seguinte, esse percentual cai para 85%. Vale ressaltar que não existe a obrigatoriedade de apresentar receita médica para comprar esse remédio.

efeitos da pílula do dia seguinteEla pode atrasar a menstruação?

Por ser uma medida mais emergencial, a pílula do dia seguinte mexe bastante com o organismo da mulher, sendo que uma das principais dúvidas é sobre se ela pode atrasar a menstruação, a resposta para esse questionamento é sim, isso pode ocorrer, um dos motivos para que isso aconteça é a alta taxa de hormônios que existe na sua composição.

Além disso, alguns dias após a ingestão da pílula, pode ser que a mulher perceba um leve sangramento, vale ressaltar que o atraso da menstruação pode ser de até três semanas, tudo vai depender da reação de cada organismo.

Efeitos colaterais da Pílula do Dia Seguinte

Ficar atenta também aos efeitos colaterais da pílula do dia seguinte é muito importante, os principais são:

  • Menstruação irregular (como mencionado anteriormente);
  • Sangramento escuro;
  • Enjoo;
  • Dor de cabeça;
  • Dor nos seios;

A pílula do dia seguinte nunca deve ser vista como um método contraceptivo, o seu uso precisa ser moderado e somente em casos emergenciais. Ao ser tomada com muita frequência, a sua eficácia tende a ser menor, provocando o efeito inverso, ou seja, aumenta as probabilidades de engravidar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *